Bíblia do Caminho Antigo Testamento

1º Livro dos Reis    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 11

(Versículos e sumário)

11 Mas o rei Salomão amou apaixonadamente a muitas mulheres estrangeiras, também à filha de Faraó, e a mulheres Moabitas, Ammonitas, Idumeias, e Sidônias, e Hetheias;

2 Das nações, de quem o Senhor tinha dito aos filhos de Israel: Não tomeis as suas mulheres, nem eles as vossas; porque elas certíssimamente vos perverterão os vossos corações para seguirdes os seus ídolos. A estas pois se uniu Salomão com um amor ardentíssimo.

3 E ele teve setecentas mulheres, que eram como rainhas, e trezentas concubinas, e as mulheres lhe perverteram o coração.

4 E sendo já velho, o seu coração foi pervertido pelas mulheres para seguir os deuses alheios; nem o seu coração era perfeito diante do Senhor seu Deus, como o fora o de David, seu pai.

5 Mas Salomão dava culto a Astarthe,  deusa dos Sidônios, e a Moloc  ídolo dos Ammonitas.

6 E fez Salomão o que não era agradável ao Senhor, e não seguiu o Senhor perfeitamente, como seguira David, seu pai.

7 Naquele tempo edificou Salomão um templo a Camos, ídolo dos Moabitas no monte que está fronteiro a Jerusalém, e a Moloc, ídolo dos filhos de Ammon.

8 E o mesmo fez ele por todas as suas mulheres estrangeiras, que queimavam incenso, e sacrificavam a seus deuses.

9 O Senhor pois se irou contra Salomão, por se ter o seu espírito apartado do Senhor Deus de Israel, que lhe tinha aparecido segunda vez,

10 E lhe tinha proibido expressamente que não seguisse a deuses estrangeiros, e ele não guardou o que o Senhor lhe mandara.

11 Disse pois o Senhor a Salomão: Pois que tu assim te portaste, não guardaste o meu pacto, nem os mandamentos, que eu te ordenei, eu rasgando dividirei o teu reino, e o darei a um dos teus servos.

12 Contudo não o farei em teus dias por atenção a David, teu pai; eu o dividirei da mão de teu filho.

13 Nem lhe tirarei o reino todo, mas darei a teu filho uma tribo, em atenção a meu servo David, e a Jerusalém que eu escolhi.

14 Suscitou pois o Senhor por inimigo de Salomão, a Adad Idumeu de sangue real, que vivia em Edom.

15 Porque quando David estava em Idumeia, e veio Joab, general do seu exército, a sepultar os que tinham sido mortos, e a matar em Idumeia todos os varões,

16 (Porque seis meses se demorou ali Joab e todo o Israel, enquanto matava todos os varões de Idumeia),

17 Fugiu o mesmo Adad de lá, e com ele os Idumeus, servos de seu pai, para se retirar ao Egito; e Adad era de mui tenra idade.

18 Saindo de Madian vieram a Faran, e levaram consigo homens de Faran, e entrando no Egito se apresentaram a Faraó, rei o Egito; o qual lhe deu casa, e consignou-lhe alimentos, e lhe adjudicou terras.

19 E Adad caiu tanto em graça a Faraó, que este o casou com a própria irmã da rainha Tafnes, sua mulher.

20 E desta irmã de Tafnes teve Adad um filho chamado Genubath, e Tafnes o criou na casa de Faraó; e Genubath habitava no palácio de Faraó com os filhos do rei.

21 E tendo Adad ouvido no Egito, que David adormecera com seus pais, e que Joab, general do seu exército, era morto, disse a Faraó: Deixai-me ir para a minha terra.

22 E Faraó lhe disse: Pois que é o que te falta em minha casa, para cuidares em voltar para a tua terra? E ele lhe respondeu: Nada; mas suplico-te que me deixes ir.

23 Suscitou-lhe Deus também por inimigo a Razon, filho d’Eliada, que tinha fugido de Adarezer, rei de Soba, seu senhor;

24 E juntou gente contra ele, e se fez capitão de ladrões quando David lhes fazia guerra. Estes se retiraram para Damasco, e fizeram ali assento e o constituíram rei em Damasco,

25 E foi inimigo de Israel em todo o tempo de Salomão; e este é o mal de Adad, e o ódio contra Israel; e ele reinou na Síria.

26 Jeroboão, também filho de Nabat, Efratheu, de Sareda, servo de Salomão, cuja mãe era uma mulher viúva por nome Sarva, se sublevou contra Salomão.

27 E o motivo da rebelião contra ele foi este, que Salomão tinha edificado a Mello, e terraplanado o profundo sorvedouro da cidade de David, seu pai.

28 Era pois Jeroboão um homem valente e poderoso; e Salomão, vendo que era um moço de inteligência e capacidade, o tinha feito intendente das tribos de toda a casa de José.

29 Aconteceu pois naquele tempo que Jeroboão saiu de Jerusalém, e que Ahias Silonita profeta, coberto com uma capa nova, encontrou Jeroboão no caminho; estavam sós os dois no campo.

30 E Ahias tomando a sua capa nova, de que vinha coberto, a rasgou em doze partes.

31 E disse a Jeroboão: Toma para ti dez retalhos; porque isto é o que diz o Senhor Deus de Israel: eis aqui eu rasgarei o reino das mãos de Salomão, e dar-te-ei dez tribos;

32 Porém a ele ficará uma tribo, em atenção a meu servo David, e à cidade de Jerusalém, que eu escolhi dentre todas as tribos de Israel;

33 Porque Salomão me deixou, e adorou a Astarte, deusa dos Sidônios, a Camos, deus de Moab, e a Moloc, deus dos filhos de Ammon; e não andou pelos meus caminhos, para fazer o que era justo diante de mim, e para observar os meus preceitos, e as minhas ordenações como David, seu pai;

34 Eu lhe não tirarei todo o reino das suas mãos, mas o deixarei governar todos os dias da sua vida por causa de David meu servo, a quem escolhi, o qual guardou os meus mandamentos e os meus preceitos;

35 Tirarei porém o reino das mãos de seu filho, e te darei dez tribos;

36 A seu filho porém darei uma tribo, para que sempre fique a meu servo David uma lâmpada diante de mim na cidade de Jerusalém, que eu escolhi a fim de ser nela reverenciado o meu nome;

37 E a ti eu te tomarei, e tu reinarás sobre tudo o que a tua alma deseja, e serás rei em Israel.

38 Se tu pois ouvires tudo o que eu te ordenar, e se andares pelos meus caminhos, se fizeres o que é reto diante de mim, guardando as minhas ordenações e os meus preceitos, assim como fez David, meu servo; eu serei contigo, e te edificarei uma casa que seja estável, bem como a que fiz a meu servo David, e te entregarei Israel;

39 E afligirei neste ponto a descendência de David, mas não para sempre.

40 Quis pois Salomão matar a Jeroboão; o qual se retirou e fugiu para o Egito, para Sesac, rei do Egito, e ficou no Egito até à morte de Salomão.

41 O resto porém das ações de Salomão, assim o que ele fez, como a sua sabedoria; tudo está escrito no livro da história do reinado de Salomão.

42 O tempo, que Salomão reinou em Jerusalém sobre todo o Israel, foram quarenta anos.

43 E Salomão adormeceu com seus pais, e foi enterrado na cidade de seu pai, David, e Roboão, seu filho, reinou em seu lugar.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir