Bíblia do Caminho Antigo Testamento

1º Livro dos Reis    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 12

(Versículos e sumário)

12 Veio pois Roboão a Siquém; porque todo o Israel se tinha ali ajuntado para o constituir rei.

2 Porém Jeroboão, filho de Nabat, achando-se ainda no Egito refugiado da face do rei Salomão, sabida a sua morte, voltou do Egito.

3 E o mandaram chamar. Veio pois Jeroboão e todo o povo de Israel, e falaram a Roboão, dizendo:

4 Teu pai nos tinha imposto um jugo duríssimo; tu pois agora diminui alguma coisa da dureza do governo de teu pai, e daquele pesadíssimo jugo, que ele nos impôs, e nós te serviremos.

5 Roboão lhes respondeu: Ide-vos, e daqui a três dias vinde ter comigo. E tendo-se retirado o povo,

6 Teve o rei Roboão conselho com os velhos, que faziam corte a Salomão seu pai, quando este ainda vivia, e lhes disse: Que me aconselhais vós que eu responda a este povo?

7 Eles lhe disseram: Se tu agora obedeceres a este povo, e cederes, e condescenderes com a sua petição, e lhe falares com brandura, eles serão teus servos para sempre.

8 Ele abandonou o conselho, que lhe tinham dado os velhos e consultou os moços, que tinham sido criados com ele, e que lhe assistiam,

9 E disse-lhes: Que me aconselhais vós que eu responda a este povo, que me disse: Adoça um pouco o jugo que teu pai impôs sobre nós?

10 E disseram-lhe os moços que tinham sido criados com ele: Assim dirás a este povo, que te falou, dizendo: Teu pai fez o nosso jugo pesadíssimo, tu alivia-nos; assim lhes dirás: O meu dedo mínimo é mais grosso do que o costado de meu pai.

11 E se meu pai pôs sobre vós um jugo pesado, eu ainda acrescentarei sobre o vosso jugo; meu pai açoitou-vos com correias, e eu açoitar-vos-ei com escorpiões.

12 Voltou pois Jeroboão, e todo o povo a Roboão no terceiro dia, conforme o que o rei lhes tinha ordenado, dizendo: Tornai a vir ter comigo ao terceiro dia.

13 E o rei respondeu duramente ao povo, desprezando o conselho que os velhos lhe tinham dado.

14 E lhes falou conforme o que lhe tinham aconselhado os moços, dizendo: Meu pai impôs-vos um julgo pesado, eu ainda acrescentarei o peso do vosso jugo; meu pai açoitou-vos com correias, e eu açoitar-vos-ei com escorpiões.

15 E não deu o rei ouvidos ao povo; porque o Senhor tinha apartado dele a sua face, para verificar a sua palavra, que havia dito a Jeroboão, filho de Nabat, pelo profeta Ahias Silonita.

16 Vendo logo o povo que o rei o não queria ouvir, respondeu-lhe dizendo: Que parte temos nós com David? ou que herança no filho de Isai? Vai-te pois para as tuas tendas, ó Israel, e tu, ó David, trata agora da tua casa. E Israel se retirou para as suas tendas.

17 E reinou Roboão sobre todos os filhos de Israel, que habitavam nas cidades de Judá.

18 Enviou pois o rei Roboão a Adurão, que era o superintendente dos tributos; e todo o Israel o apedrejou, e ele morreu. E o rei Roboão a toda a pressa montou no seu coche, e fugiu para Jerusalém.

19 E Israel se separou da casa de David, até o dia de hoje.

20 Sucedeu pois que tendo ouvido todo o Israel que Jeroboão tinha voltado, congregados em cortes, o mandaram chamar e o aclamaram rei sobre todo o Israel; e não houve alguém que seguisse a casa de David, senão somente a tribo de Judá.

21 Veio pois Roboão a Jerusalém, e fez ajuntar toda a casa de Judá, e a tribo de Benjamim, cento e oitenta mil homens de guerra escolhidos, para pelejar contra a casa de Israel, e reduzir o reino à obediência de Roboão, filho de Salomão.

22 Então dirigiu o Senhor a sua palavra a Semeias homem de Deus, dizendo:

23 Fala a Roboão, filho de Salomão, rei de Judá, e a toda a casa de Judá, e de Benjamim, e a todo o resto do povo, dizendo:

24 eis aqui o que diz o Senhor: Não vos ponhais em campanha, nem façais guerra contra os filhos de Israel que são vossos irmãos; cada um torne para sua casa, porque eu é que fiz isto. Ouviram eles a palavra do Senhor, e se retiraram da sua jornada, conforme o Senhor lhes havia mandado.

25 E Jeroboão reedificou a Siquém sobre o monte de Efraim, e residiu ali; e tendo saído daqui reedificou a Fanuel.

26 E disse Jeroboão em seu coração: Agora tornará o reino para a casa de David,

27 Se este povo for a Jerusalém para lá oferecer sacrifícios na casa do Senhor; e o coração deste povo torna para seu senhor Roboão, rei de Judá, e eles me matarão, e se voltarão para ele.

28 E depois de ter bem considerado fez dois bezerros de ouro, e disse ao povo: Não torneis mais a ir a Jerusalém; eis aqui, ó Israel, os teus deuses, que te tiraram da terra do Egito.

29 E pôs um em Bethel, e o outro em Dan.

30 E isto foi uma ocasião de pecado; porque o povo ia até Dan para lá adorar o bezerro.

31 E levantou templos nos altos, e pôs sacerdotes os ínfimos do povo, que não eram dos filhos de Levi.

32 Ordenou também um dia de festa no oitavo mês, no dia décimo quinto do mês, à semelhança da solenidade que se celebrava em Judá. E subindo ao altar, o mesmo fez em Bethel, oferecendo sacrifícios aos bezerros, que tinha fabricado; e estabeleceu em Bethel sacerdotes dos altos, que edificara.

33 Ao décimo quinto dia do oitavo mês, que ele tinha feito solene à sua fantasia, subiu Jeroboão ao altar que tinha construído em Bethel, e fez celebrar uma solene festa aos filhos de Israel, e subiu ao altar para oferecer incenso.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir