Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Gênesis    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 22

(Versículos e sumário)

22 Passado isto, tentou Deus a Abraão, e lhe disse: Abraão, Abraão. Ele lhe respondeu : Aqui estou.

2 Continuou Deus: Toma a Isaac teu filho único, a quem amas, e vai à terra da Visão, e aí o oferecerás em holocausto sobre um dos montes, que eu te mostrar.

3 Abraão pois levantando-se de noite, preparou o seu jumento, levando consigo dois moços, e a Isaac seu filho; e como cortasse a lenha para o holocausto, partiu para o lugar, que Deus lhe tinha ordenado.

4 Ao terceiro dia, levantando os olhos, viu o lugar de longe.

5 Então disse aos seus servos: Esperai aqui com o jumento; eu, e meu filho apressando-nos por chegar ali, depois que adorarmos, voltaremos a vós.

6 Tomou também a lenha do holocausto, e a pôs sobre Isaac, seu filho; ele porém levava nas mãos o fogo, e o cutelo. E quando ambos caminhavam juntos,

7 Disse Isaac a seu pai: Meu pai. Respondeu-lhe Abraão: Que queres, meu filho? Aqui vai o fogo e o cutelo, disse Isaac; onde está a vítima para o holocausto?

8 Respondeu Abraão: Meu filho, Deus deparará uma vítima para o seu holocausto. Caminhavam pois ambos juntos;

9 E chegaram ao lugar, que Deus lhe havia mostrado, no qual levantou um altar, e sobre ele preparou a lenho; e tendo ligado a Isaac, seu filho, o pôs no altar sobre o feixe de lenha.

10 E estendeu a mão, e pegou no cutelo para imolar seu filho.

11 E eis que lhe gritou do céu o anjo do Senhor, dizendo: Abraão, Abraão. O qual respondeu: Aqui estou.

12 Continuou o anjo: Não estendas a tua mão sobre o menino, e não lhe faças mal algum. Agora conheci que temes a Deus, e não perdoaste a teu filho único por amor de mim.

13 Levantou Abraão os seus olhos, viu atrás de si um carneiro, que estava embaraçado pelas suas pontas entre os espinhos; e pegando nele o ofereceu em holocausto em lugar de seu filho.

14 E pôs por nome àquele lugar, o Senhor vê: D’onde até ao dia de hoje se diz: O Senhor verá no monte.

15 Segunda vez porém chamou o anjo do Senhor a Abraão desde o céu, dizendo:

16 Por mim mesmo jurei, diz o Senhor: Já que fizeste esta ação, e não perdoaste a teu filho único por amor de mim.

17 Eu te abençoarei, e multiplicarei a tua estirpe, como as estrelas do céu, e como a areia que há nas praias do mar. A tua descendência possuirá as portas de seus inimigos.

18 E todas as gentes da terra serão benditas naquele, que há de proceder de ti, porque obedeceste à minha voz.

19 Tendo voltado Abraão para onde estavam os seus servos, recolheram-se juntos a Bersabé, e aí habitou.

20 Isto assim passado, se deu por notícia a Abraão, que Melca gerara também filhos a seu irmão Naccor,

21 A saber: Hus, que foi o primogênito, e Buz, seu irmão, e Camuel, pai dos Siros,

22 Cased e Azau, também a Feldas e Jedlaf,

23 E Bathuel, de quem nasceu Rebeca; estes oito filhos gerou Melca a Naccor irmão de Abraão.

24 A sua concubina porém por nome Roma, pariu a Tabee, e Gaham, e Tahas, e Maaca.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt — Estudo do Velho Testamento com Haroldo Dutra Dias


.

Abrir