Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Gênesis    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 32

(Versículos e sumário)

32 Jacob também se retirou pelo caminho que levava, e se lhe fizeram encontradiços uns anjos de Deus.

2 E tendo-os visto, disse: Este é o arraial de Deus; e chamou a este lugar Mahanaim, isto é, Arraial.

3 Enviou porém Jacob mensageiros adiante de si a Esaú seu irmão, à terra de Seir, no campo de Edom.

4 E lhes ordenou, dizendo: Falai assim a Esaú meu senhor: Jacob teu irmão te manda dizer isto. Eu morei com Labão como estrangeiro, e com ele estive até ao dia de hoje.

5 Tenho bois, jumentos, ovelhas, servos e servas; e mando agora esta embaixada a meu senhor, para achar graça diante dele.

6 Voltaram os mensageiros, e disseram a Jacob: Nós fomos a teu irmão Esaú, e ei-lo aí vem a toda o e encontrar-se contigo com quatrocentos homens.

7 Teve Jacob muito medo, e todo assustado dividiu assim o povo que estava com ele, uma também os rebanhos, ovelhas, bois e camelos em duas partidas.

8 Dizendo: Se vier Esaú atacar uma das partidas, e a desbaratar, a outra partida, que resta, se salvará,

9 E disse Jacob: Deus de meu pai Abraão, e Deus de meu pai Isaac: Senhor, que me disseste: Volta para e tua terra, e para o lugar do teu nascimento, e eu te beneficiarei;

10 Eu sou indigno de todas as tuas misericórdias e de tua verdade, que cumpriste para com o teu servo. Encostado ao meu báculo passei este Jordão, e agora volto com duas partidas.

11 Livra-me da mão de meu irmão Esaú, porque o temo muito; não seja que vindo ele mate a mãe com os filhos.

12 Tu me prometeste, que me beneficiarias, e dilatarias a minha descendência como areia do mar, a qual pela sua multidão não se pode contar.

13 E dormindo aí aquela noite, separou das cousas que tinha, presentes para Esaú, seu irmão,

14 Duzentas cabras, vinte bodes, duzentas ovelhas e vinte carneiros,

15 Trinta camelas com suas crias, quarenta vacas e vinte touros, vinte jumentas e dez crias das mesmas.

16 E mandou pelas mãos dos seus servos cada um dos rebanhos separadamente, e disse aos seus criados: Ide adiante de mim, e haja espaço entre rebanho e rebanho.

17 E ordenou ao primeiro, dizendo: Se te encontrares com meu irmão Esaú, e ele te perguntar, de quem és? ou para onde vais? ou, de quem são estas coisas que conduzes?

18 Responderás: São de teu servo Jacob, ele as mandou de presente a meu senhor Esaú; ele mesmo vem atrás de nós.

19 As mesmas ordens deu ao segundo e ao terceiro e a todos que conduziram os rebanhos, dizendo: Por estas mesmas palavras falai a Esaú, quando o encontrardes;

20 E acrescentareis: O mesmo teu servo Jacob segue também o nosso caminho; disse pois: Eu o aplacarei com os presentes que vão diante, e depois o verei, talvez se me torne favorável.

21 Portanto foram os presentes adiante dele, e ele ficou aquela noite no campo.

22 E tendo-se levantado muito cedo, tomou as suas duas mulheres, e outras tantas escravas com onze filhos, e passou o vau de Jeboc.

23 E passado tudo o que lhe pertencia,

24 Ficou só; e eis que um varão lutava com ele até pela manhã.

25 O qual vendo que o não podia vencer, tocou-lhe o nervo da sua coxa, e, logo este se secou.

26 E ele disse a Jacob: Larga-me, porque já vem vindo a aurora. Respondeu: Não te largarei, se me não abençoares.

27 Disse-lhe pois: Como te chamas? Respondeu: Jacob.

28 Porém ele disse: De nenhuma sorte te chamarás Jacob, mas Israel; porquanto se contra Deus foste forte, quanto mais o serás contra os homens,

29 Perguntou-lhe Jacob: Dize-me como te chamas? Respondeu: Porque me perguntas o meu nome? E abençoou-o no mesmo lugar.

30 E pôs Jacob por nome àquele lugar Fanuel, dizendo: Eu vi a Deus face a face, e a minha alma foi salva.

31 E logo o sol lhe nasceu, depois que passou de Fanuel; ele porém coxeava do pé.

32 Pela qual razão até ao dia de hoje os filhos de Israel não comem nervo, o qual se secou na coxa de Jacob, porque tocou o nervo da sua coxa, e ficou entorpecido.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt — Estudo do Velho Testamento com Haroldo Dutra Dias


.

Abrir