Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Gênesis    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 43

(Versículos e sumário)

43 Entretanto a fome oprimia fortemente toda terra.

2 E consumidos os viveres que tinham trazido do Egito, disse Jacob a seus filhos: Voltai, e comprai-nos mais algum trigo.

3 Respondeu Judá: Aquele homem disse-nos debaixo da asserção de juramento: Vós não vereis a minha face, senão trouxerdes convosco a vosso irmão mais pequeno.

4 Se tu pois queres mandá-lo conosco, iremos de companhia, e te compraremos o necessário;

5 Mas se não queres, não iremos, porquanto o homem, como temos dito muitas vezes, nos protestou, dizendo: Não vereis a minha face senão trouxerdes a vosso irmão mais pequeno.

6 Disse-lhes Israel: Para minha desgraça fizestes isto, dizendo-lhe que tínheis ainda outro irmão.

7 Mas eles responderam: O homem nos perguntou por sua ordem pela nossa família; se vivia o pai; se tínhamos irmão; e nós lhe respondemos em consequência do que ele inquiria; porventura podíamos adivinhar que ele havia de dizer: Trazei a vosso irmão convosco?

8 Judá também disse a seu pai: Manda o menino comigo, para partirmos, e podermos viver, para que não morramos nós e nossos filhinhos.

9 Eu me encarrego do menino; requere-o da minha mão; se to não trouxer, e to não restituir, serei réu de crime para contigo em todo o tempo.

10 Se não tivesse havido demora, já teríamos vindo segunda vez.

11 Portanto Israel seu pai lhes disse: Se assim é necessário, fazei o que quereis; tomai dos melhores frutos do país nas vossas vasilhas, e levai de presente a esse homem um pouco de resina, e de mel, e de estoraque, de mirra, e de terebinto, e de amêndoas.

12 Levai também convoco dobrado dinheiro, e tornai a levar aquele que achastes nos sacos, não sucedesse isso talvez por erro;

13 E levai também a vosso irmão, e ide ter com o homem.

14 O meu Deus porém todo-poderoso vo-lo torne propício, e remeta convosco a vosso irmão que ele retém preso, e a este Benjamim; eu entretanto ficarei só como se não tivera filhos.

15 Tomaram pois os homens os presentes, e o dinheiro dobrado, e a Benjamim, e desceram ao Egito, e se apresentaram a José.

16 Tanto que ele os viu, e juntamente a Benjamim com eles, ordenou ao despenseiro de sua casa, dizendo: Faze entrar cá para dentro de casa esses homens, e mata rezes, e prepara um banquete, porque hão de comer comigo ao meio dia.

17 Fez ele o que lhe fora mandado, e introduziu os homens para dentro de casa.

18 E aí amedrontados, disseram uns para os outros: Por causa do dinheiro, que levamos primeiro nos nossos sacos, somos introduzidos aqui, para nos caluniar, e com violência nos sujeitar à escravidão tanto a nós, como aos nossos jumentos.

19 Pelo que na mesma entrada da porta, chegando-se ao despenseiro da casa.

20 Lhe disseram: Rogamos-te, senhor, que nos ouças. Já uma vez viemos a comprar trigo,

21 E depois de o termos comprado, quando chegamos à estalagem, abrimos os nossos sacos, e achamos na boca deles o dinheiro, o qual tornamos a trazer agora no mesmo peso.

22 Fora deste trouxemos outro dinheiro, para comprarmos o que nos é necessário; não sabemos de modo algum quem pusesse aquele outro nos nossos sacos.

23 Porém ele respondeu: Sossegai, não temeis: O vosso Deus, e o Deus de vosso pai vos deu os tesouros nos vossos sacos, porque o dinheiro, que me destes, eu o tenho lançado em receita. E lhes apresentou a Simeão.

24 E introduzidos em casa, trouxe-lhes água, e lavaram seus pés; e deu de comer aos seus jumentos.

25 Eles porém preparavam os presentes, para quando José entrasse ao meio dia, porque sabiam e aí haviam de comer.

26 Portanto tendo José entrado em sua casa, lhe ofereceram os presentes, que tinham nas suas mãos, e o adoraram prostrados em terra.

27 Porém ele, depois de os ter benignamente saudado, lhes perguntou, dizendo: Porventura está bom de saúde vosso pai, aquele velho, de quem me falastes? Ainda vive?

28 Os quais responderam: Nosso pai teu servo está bom, ainda vive. E ajoelhando, o adoraram.

29 Levantando porém José os olhos, viu a Benjamim seu irmão uterino, e disse: Este é vosso irmão mais pequeno, de quem me tínheis falado? E acrescentou: Deus se compadeça de ti, meu filho.

30 E apressou-se, porque se lhe comoveram as entranhas por causa de seu irmão, e se lhe assomavam as lágrimas; e entrando na câmara chorou.

31 E saindo outra vez depois de lavado o rosto se conteve, e disse: Ponde o comer na mesa.

32 Trazido o qual, foi José servido à parte, e seus irmãos à parte, e os egípcios, que comiam com ele, servidos também à parte: (porque não é permitido entre os egípcios comer com os Hebreus; e têm, que semelhante banquete seria profano).

33 Sentaram-se na sua presença, o primogênito segundo o privilégio de sua primogenitura, e o mais pequeno conforme a sua idade. E se admiravam sobremaneira,

34 Tomados os quinhões que dele receberam; e a Benjamim veio maior quinhão, de modo que excedia em cinco partes. E eles beberam e se regalaram com ele.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt — Estudo do Velho Testamento com Haroldo Dutra Dias


.

Abrir