Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Coletânea do Além — Autores diversos


21


Velhos rifões

   1 Que a maravilha dos grandes

  Não te sirva de embaraço.

  A jornada por mais longa,

  Começa sempre de um passo.


   2 Sem vida nova em Jesus

  Nossa crença é muito estranha…

  A raposa muda a pele

  Conservando a velha manha.


   3 Benefício acompanhado

  De censura ou de papel

  É bebida indesejável

  Que sabe a vinagre e fel.


   4 Na verdade, Deus é bom

  Mas se o filho é rude e mau,

  Por vezes, descem do céu

  Pedra e fogo, corda e pau.


   5 A ventura de quem vive

  De maldade e vilipêndio

  É como a luz passageira

  Que nasce de um grande incêndio.


   6 Evita imitar no mundo

  Os homens apaixonados

  Que tratam alguns por filhos

  E aos outros por enteados.


   7 Não te esqueças da prudência

  E aprende a falar talvez.

  Crendo em tudo quanto escutas

  Tropeçarás muita vez.


   8 No serviço alegre e são

  A tua força concentra.

  À porta de quem trabalha

  A fome espreita e não entra.


   9 Fala pouco de ti mesmo,

  Pois saúde e geração

  Se forem muito apurados

  Só trazem perturbação.


   10 Não te rias de quem chora.

  Toda dor faz ida e vinda

  E a botija de vinagre

  Tem muito vinagre ainda.


.Casimiro Cunha


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir