Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Chico Xavier: O Primeiro Livro — Autores diversos

Parte II — Chico Xavier: Versos por ele mesmo

16


Pobrezinhos

1 Ei-los que seguem de longada

Nas asperezas dos caminhos,

Sem ter abrigo e nem pousada,

Oh! pobrezinhos… pobrezinhos!…

mas quem me dera os alvos linhos,

Aonde haveis de descansar,

Que o Pai de amor, todo carinhos,

Inda algum dia há de vos dar!…


   2 Oh! como vão na noite escura

   Sentindo o frio a tiritar,

  Que eterna mágoa que os tortura,

  Não ter o pão, nem luz, nem lar.

  Mas quem me dera a luz formosa

  As manhãs rutilas de amor,

  Da vossa vida esplendorosa

  Nas mansões belas do Senhor!


.Francisco Xavier


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir