Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Queda e ascensão da casa dos benefícios — Bezerra de Menezes — 2ª Parte


12


Zelo carinhoso

De mensagem recebida em 10.09.1953


1 Em muitas ocasiões, sentimo-nos à frente de problemas que nos parecem insuperáveis à primeira vista, mas, se esperamos confiantemente na intervenção do Alto, eis que a solução aparece, feliz, a sorrir-nos, em nome de Deus.


De mensagem recebida em 10.12.1966


2 Serviço cada dia, esforço constante. Ideal conjugado ao trabalho, prece e ação.


De mensagem recebida em 24.01.1974


3 Procuremos misericórdia na Lei de Deus e prossigamos com as edificações possíveis. O essencial é, sobretudo, não parar, não esmorecer.


4 A maior mensagem que podemos transmitir aos queridos amigos é esta de sempre — o nosso convite permanente à perseverança na fé.


De mensagem recebida em 14.11.1975


5 Agradeçamos ao Senhor a bênção da luta. Sem ela não incorporaremos ao coração a bênção da paz.


De mensagem recebida em 30.12.1979


6 Continuemos realizando o melhor ao nosso alcance, na certeza de que a bênção do Senhor é a luz que nos clareia a senda a percorrer.


7 Iniciar e propor modificações, criticar o serviço realizado ou questionar as boas obras em andamento são atitudes de qualquer um. Continuar porém, com a fidelidade possível, na interpretação dos planos construtivos desde muito traçados, é serviço de poucos, porque toda lealdade pede sacrifício que nem todos os companheiros da lavoura terrestre do Evangelho se reconhecem dispostos a fazer.


8 Continuar é o prodígio para quem sabe que o caminho não é atapetado de flores e sim de pedras e dos espinhos, que nos ensinarão sempre a valorizar a paciência do Divino Companheiro, tomando-nos pelas mãos, a fim de que nossos braços se estendam na direção de outros, na ascensão e conquista da felicidade de todos.


.Bezerra de Menezes


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir