Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Sinais de rumo — Autores diversos


24


Conclusão simples

1 Todos nos reconhecemos filhos de Deus.

2 Nessa condição, habitualmente, quase todos nós, no mundo, solicitamos à Divina Providência nos forneça tudo aquilo de que necessitamos.

3 Efetivamente, o Todo-Misericordioso nos concede, por meios múltiplos, todos os recursos básicos à sustentação da vida, através da Natureza.

4 Todo Pai, no entanto, forma o caráter e a personalidade dos filhos, através da disciplina e do estudo, do trabalho e da experiência.

5 Na Terra, assim, permanecem por nossa conta os cuidados com o solo, os irmãos-problemas, os filhos por educar e certas dificuldades a suprimir.

6 Muito comum, porém, no Plano Físico, quase todas as criaturas reclamarem a presença de Deus, quando esse ou aquele problema apareça.

7 Queremos que o Pai Supremo nos tome lugar nos momentos de crise.

8 Exigimos que o Criador nos solucione as questões do relacionamento recíproco.

9 Rogamos ao Eterno Doador de Todas as Bênçãos nos concerte esses ou aqueles familiares doentes ou desorientados.

10 Recordemos, no entanto, que somos filhos de Deus e Deus que tudo pode realizar, reserva alguma parcela de serviço e responsabilidade para cada um de nós, a fim de que aprendamos a fazer pelos outros o que Ele faz constantemente por nós.


.André Luiz


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir